Por que a vacinação é importante?

A vacina de febre amarela é importante para a prevenção contra a febre amarela, que é uma doença de caráter infeccioso. O vírus é do fênero Flavivirus e é transmitido através de mosquitos.

O que é

FEBRE AMARELA

Essa é uma doença considerada aguda e hemorrágica. Possui esse nome, pelo fato de causar amarelidão do corpo (icterícia). O vírus da febre amarela é tropical e, portanto, é mais comum na América do Sul e na África

Quais são os

Sintomas da FEBRE AMARELA?

Quando a doença está em sua fase aguda, os sintomas costumam durar de três a quatro dias e passam sozinhos. Muitas pessoas que contraem a doença não apresentam sintomas, e quando eles aparecem

Os mais comuns são:

  • Febre;
  • Dores musculares em todo o corpo, em especial, nas costas;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de apetite;
  • Náuseas e vômito;
  • Olhos, face ou língua avermelhada;
  • Fotofobia;
  • Fadiga e fraqueza.

Como dito acima, quando aparecem, os sintomas costumam desaparecer após quatro dias. Porém, há casos nos quais a pessoa desenvolve sintomas mais graves cerca de 24 horas depois dos sintomas mais simples. Caso isso ocorra, o vírus pode atingir diversos órgãos e sistemas, em especial, o fígado e rins.

Essa fase é conhecida com tóxica e os sintomas são

  • Retorno da febre alta;
  • Icterícia, por conta do dano que o vírus causa no fígado;
  • Urina escura;
  • Dores abdominais;
  • Sangramentos na boca, nariz, olhos ou estômago;
ADMINISTRAÇÃO DA

VACINA CONTRA FEBRE AMARELA

Esquema de Dose

  • Crianças até 4 anos: duas doses, aos 9 meses e aos 4 anos;
  • A partir de 5 anos: O Programa Nacional de Imunizações (PNI) disponibiliza dose única. A Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm), no entanto, recomenda duas doses, com intervalo de 10 anos, pois há dados que demonstram perda de proteção com o tempo (falha secundária);
  • No PNI, pessoas a partir de 5 anos de idade que receberam uma dose da vacina antes de completarem 5 anos de idade devem receber uma segunda dose, independentemente da idade em que procurarem o serviço de vacinação, respeitando intervalo mínimo de 30 dias entre as doses (saiba mais).

Possíveis Reações

A vacina contra a febre amarela, em geral, não produz grandes efeitos colaterais na pessoa imunizada. O que pode acontecer é o surgimento de dor no local, dores de cabeça e febre, entre cinco a 10 dias depois da aplicação.

Indicação

Pessoas a partir de 9 meses de idade.

FEBRE AMARELA

Cuidados para a vacinação

  • Crianças abaixo de 6 meses de idade;
  • Indivíduos infectados pelo HIV, sintomáticos e com imunossupressão grave comprovada por exame de laboratório;
  • Pessoas com imunodepressão grave por doença ou uso de medicação;
  • Pacientes que tenham apresentado doença neurológica desmielinizante no período de seis semanas após a aplicação de dose anterior da vacina;
  • Gestantes, salvo em situações de alto risco de infecção, o que deve ser avaliado pelo médico;
  • Mulheres amamentando bebês com até 6 meses. Se a vacinação não puder ser evitada, suspender o aleitamento materno por 10 dias. Procure o pediatra para mais orientações;
  • Pacientes submetidos a transplante de órgãos;
  • Pacientes com câncer;
  • Pessoas com história de reação anafilática relacionada a substâncias presentes na vacina (ovo de galinha e seus derivados, gelatina bovina ou outras);
  • Pacientes com história pregressa de doenças do timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência de timo ou remoção cirúrgica).

Consulte uma de nossas enfermeiras especializadas para obter orientações personalizadas sobre as vacinas recomendadas para cada faixa etária

Consulte uma de nossas enfermeiras especializadas para obter orientações personalizadas sobre as vacinas recomendadas para cada faixa etária

Vacinação contra a

FEBRE AMARELA

A vacina contra a febre amarela, basicamente, é composta por vírus vivos atenuados (cepa 17D). A imunização é apresentada de uma maneira liofilizada, em frasco de múltiplas doses e acompanhada de um diluente (soro fisiológico

É importantíssimo vacinar-se, pois, segundo a Organização Mundial da Saúde, a vacina é a forma mais importante e eficaz de se prevenir contra a doença. É justamente o ato de a população imunizar-se com frequência que impede que o vírus se espalhe, mesmo em áreas de epidemias. Nessas regiões de surto da enfermidade, é necessário que, pelo menos, 80% da população tome a vacina contra o vírus para prevenir a doença

Ir para o topo
Logo Pasteur

Sobre

O Pasteur

Unidades

Orçamento Empresas

Ouvidoria

Trabalhe Conosco

Politica de Qualidade

Serviços

Exames Laboratoriais

Check-Ups

Exames Genéticos

Sexagem Fetal

Teste do Pezinho

Toxicológico

Vacinas

Contato

19 3471-2294 sac@labpasteur.com.br
Logo Pasteur

Redes Sociais

19 3471-2294 sac@labpasteur.com.br
Posso ajudar?