Cuidar da saúde é nossa responsabilidade!

As vacinas são a melhor forma para prevenir as doenças e, conhecê-las nos ajuda a entender a sua importância para a manutenção de nossa saúde, cuidando de nossa imunização.

Conheça a utilização de cada vacina e cuide de sua imunização garantindo a sua qualidade de vida.

Dengue
a

A vacina da Dengue é indicada para uma doença infecciosa transmitida principalmente pela picada do mosquito Aedes Aegypti, um inseto que, por ser muito adaptado ao ambiente urbano, pode ser encontrado dentro de nossas casas.

DTPA
GESTANTE

A vacina da DTPA Gestante deve ser obrigatória para todas as gestantes, pois a mesma confere uma proteção para doenças potencialmente perigosas, como, difteria, tétano e coqueluche e, que além de garantir a proteção da própria gestante, também protege o feto no útero com a transmissão de anticorpos.

FEBRE
AMARELA

A vacina da Febre Amarela é indicada, como o próprio nome diz, para a febre amarela, que pode ser classificada em febre amarela silvestre ou urbana, sendo que a febre amarela silvestre é causada pela picada do mosquito Haemagogus e o Sabethes e a urbana através do mosquito Aedes Aegypti e Albopictus.

FEBRE
TIFOIDE

A vacina da Febre Tifoide é indicada para crianças a partir de 2 anos, adolescentes e adultos que viajam para áreas de alta incidência da doença, em situações específicas de longa permanência e após análise médica criteriosa. É indicada também para os profissionais que lidam com águas contaminadas e dejetos, para sua proteção.

GRIPE
(Sazonal / Influenza)

A vacina da Gripe é indicada para a infecção aguda do sistema respiratório causada pelo vírus Influenza, mais conhecida como gripe. Atualmente, existem quatro tipos diferentes do vírus da gripe: A (H1N1/H2N2/H3N2), B (Victoria/Phuket), C e D. Alguns são mais leves do que outros, e outros ainda podem ser subdivididos em outros grupos.

HAEMOPHILUS
INFLUENZAE B

A vacina da Haemophilus Influenzae B (Hib) é indicada para proteger contra as infecções bacterianas decorrentes da Hib, como a pneumonia e a meningite. A Haemophilus Influenza B é uma bactéria que pode causar infecções sérias em crianças e a imunização diminui a incidência delas em até 99%, sendo que a vacinação é a única forma de se prevenir contra a doença.

HEPATITE A
ADULTO

A vacina da Hepatite A Adulto é indicada para todas as pessoas a partir de 12 meses. A vacina possibilita prevenir a infecção do fígado causada pelo vírus da hepatite A (VHA), cujo contágio pode ocorrer por contato pessoal, por meio da ingestão de alimentos e água contaminada, principalmente em áreas endêmicas e com saneamento básico precário.

HEPATITE A
INFANTIL

A vacina da Hepatite A Infantil é indicada para as crianças a partir de 12 meses e sua função é prevenir uma infecção do fígado, causada pelo vírus da hepatite A (VHA). Normalmente é uma doença que evolui benignamente, mas que a partir da adolescência pode ser sintomática e até letal. A transmissão do vírus ocorre por via fecal-oral, pela ingestão de água e alimentos contaminados.

HEPATITE
A+B

A vacina da Hepatite A+B é indicada para a hepatite viral causada por alguns tipos de vírus, dentre eles, o vírus da hepatite A e da hepatite B. Atualmente encontram-se 2 tipos de vacinas que protegem contra estas duas formas de hepatite: uma isolada para cada tipo, vacina hepatite A e vacina hepatite B e outra combinada, a vacina com proteção da hepatite A e B, com uma eficácia superior a 95%.

HERPES
ZOSTER

A vacina da Herpes Zoster é uma infecção causada pela reativação do vírus varicela zóster no organismo, o mesmo causador da catapora. A infecção é caracterizada pelo surgimento de erupção cutânea dolorosa ou vesículas (pequenas bolhas) na pele, assim como outros sintomas. É popularmente conhecido como cobreiro.

Entre em contato conosco

Não encontrou a vacina que estava procurando? Entre em contato com as nossas enfermeiras para saber mais.

HPV
(papilomavírus humano)

A vacina HPV (papilomavírus humano) é indicada para o vírus que infecta a pele ou mucosas (oral, genital e anal) das pessoas, provocando verrugas anogenitais (na região genital e ânus) e câncer, a depender do tipo de vírus. A infecção pelo HPV é uma infecção sexualmente transmissível (IST). Sua transmissão se dá por contato direto com a pele ou mucosa infectada.

MENINGITE
ACWY

A vacina Meningite ACWY é indicada para a prevenção das meningites e doenças meningocócicas causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y. Meningite meningocócica é uma forma grave de meningite bacteriana, altamente contagiosa causada pela bactéria Neisseria meningitidis, também conhecida como meningococo.

MENINGITE
B

A vacina da Meningite B é indicada para a meningite do sorogrupo B (MemB), uma doença grave, considerada uma das mais letais, que representa 40% das meningites diagnosticadas no país. A vacina é indicada para a proteção de crianças acima de 2 meses, adolescentes e adultos até 50 anos e é a única medida segura e eficaz para prevenir a doença.

PENTAVALENTE

A vacina Pentavalente, também conhecida como “penta” é indicada para a proteção contra a difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus Influenzae B e a poliomielite. As vacinas combinadas conseguem proteger contra mais de um tipo de vírus ou bactéria por meio de uma única aplicação. É indicada para a imunização de bebês a partir de 2 meses e a idade limite é de 6 anos, 11 meses e 29 dias.

PNEUMO
13

A vacina Pneumocócica Conjugada 13, também chamada de Pneumo 13 ou VPC13, previne grande parte dos casos de pneumonia (infecção nos pulmões), meningite (infecção das meninges, membranas que recobrem o cérebro) e otite (infecção aguda no ouvido) causados pelo pneumococo. A vacina Pneumo 13 pode prevenir 90% dessas doenças.

PNEUMO
23

A vacina Pneumocócica Polissacarídica 23 Valente ou simplesmente Pneumo 23, ou VPP23, previne infecções nos pulmões, ouvidos, meningite e infecções do sangue (bacteremia e sepse), causadas por 23 bactérias do gênero Streptococcus pneumoniae, conhecido como pneumococo. A vacina pneumocócica 23 valente é eficaz na prevenção das doenças pneumocócicas.

ROTAVÍRUS
(VRH/VORH)

A vacina Rotavírus VRH+VORH é indicada para a rotavirose, uma doença diarreica aguda causada pelo vírus do gênero Rotavírus, uma das mais importantes causas de diarreia grave em crianças menores de 5 anos, em todo o mundo. A imunização é fundamental para evitar o adoecimento, além de complicações e óbitos.

TETRA VIRAL
(SCR+V)

A vacina Tetra Viral SCR+V é indicada para prevenir as doenças Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela (Catapora). A vacina está recomendada para crianças e adolescentes dos 12 meses aos 12 anos. Ela substitui a vacina tríplice viral e a vacina varicela, quando a aplicação dessas duas for coincidente. A vacina Tetra Viral SCR+V, faz parte do PNI — Programa Nacional de Vacinação.

TRÍPLICE
VIRAL

A vacina Tríplice Viral é indicada para a proteção de três diferentes tipos de vírus, que causam as doenças rubéola, o sarampo e a caxumba, para conter possíveis surtos dessas doenças contagiosas e fatais, principalmente, em crianças. A vacina “treina” e protege o sistema imunológico do paciente e apresenta uma eficácia em torno de 95% para o sarampo e a rubéola e 75% a 90% para a caxumba.

VARICELA
(catapora)

A vacina Varicela é indicada para a proteção contra o vírus da catapora, causada pelo vírus varicela-zóster. A catapora é uma doença viral bastante contagiosa e está entre as doenças mais comuns. Esta doença, Catapora, se manifesta com maior frequência em crianças com idade inferior a 10 anos e com incidência no fim do inverno e início da primavera.

DTPa + Pólio
(Reforço)

A vacina DTPA + Pólio (Reforço) é indicada para crianças a partir de 4 anos e para doses de reforço em adolescentes e adultos. A vacina DTPA + pólio também é indicada para as gestantes e substitui a vacina dTpa, sendo que ambas conferem proteção contra difteria, tétano, coqueluche, sendo que DTPa + Pólio protege contra a poliomielite.

HEXAVALENTE

A vacina Hexavalente é uma vacina combinada que contém seis vacinas individuais, que oferecem proteção contra difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenzae B, poliomielite e hepatite B. Por ser uma vacina combinada consegue proteger contra vários tipos de vírus ou bactéria por meio de uma única aplicação, ajudando a reduzir o número de injeções e também a dor e o medo das crianças.

FAQ - Perguntas Mais Frequentes

Para agendar a vacinação domiciliar, é essencial realizar um agendamento antecipado em uma de nossas unidades ou através de contato pelo WhatsApp 3471-2294. Informamos que existe uma taxa de deslocamento fixa de R$50,00 para este serviço.

As reações mais comuns após a vacinação geralmente incluem dor e vermelhidão no local da injeção, febre leve, fadiga e dores musculares. Para lidar com esses efeitos, recomenda-se:

As reações mais comuns após a vacinação geralmente incluem dor e vermelhidão no local da injeção, febre leve, fadiga e dores musculares. Para lidar com esses efeitos, recomenda-se:

Para dor e vermelhidão no local da injeção:

  • Aplicar uma compressa fria no local.
  • Evitar esforços físicos intensos com o braço afetado.

Para febre e dores musculares:

  • Manter-se hidratado, bebendo bastante líquido.
  • Descansar adequadamente.
  • Usar medicamentos antitérmicos ou analgésicos, como paracetamol ou ibuprofeno, conforme orientação médica.

Se você estiver com doses de vacinas atrasadas, isso pode aumentar seu risco de contrair doenças que as vacinas visam prevenir. Além disso, atrasar a vacinação pode comprometer a imunidade coletiva, facilitando a disseminação de doenças infecciosas na comunidade. Dependendo do tipo de vacina e da extensão do atraso, pode ser necessário ajustar seu esquema de vacinação para garantir que você receba a proteção adequada.

A vacinação simultânea é um procedimento comum e eficiente. Durante uma única visita em uma de nossas unidades,  podemos administrar múltiplas vacinas, permitindo que nossos clientes se protejam contra várias doenças de maneira prática e rápida. Cada combinação de vacinas é cuidadosamente selecionada com base em diretrizes clínicas rigorosas para garantir segurança e eficácia máximas. Nossa equipe de enfermagem é treinada para administrar várias vacinas de forma segura durante uma única sessão, minimizando o desconforto e otimizando a experiência de vacinação.

Sim, é seguro amamentar seu filho durante a aplicação da vacina. A amamentação, na verdade, pode ser benéfica neste contexto. Ela pode ajudar a acalmar e confortar o bebê, reduzindo o estresse e a dor associados à vacinação. Além disso, a amamentação não interfere na eficácia da vacina.

Na nossa unidade Pasteur+ em Americana-SP, dispomos de um espaço especialmente adaptado para vacinar crianças com transtorno do espectro autista. Este ambiente é projetado para ser acolhedor e minimizar estímulos sensoriais desafiadores. Além disso, toda a nossa equipe de profissionais, em todas as unidades, recebeu treinamento especializado para atender às necessidades específicas dessas crianças. Utilizamos técnicas de comunicação eficazes e estratégias para reduzir a ansiedade durante a vacinação. Nosso objetivo é proporcionar um atendimento personalizado e confortável, garantindo uma experiência de vacinação positiva para as crianças e suas famílias.

  • O nosso espaço de vacinação é projetado para ser calmo e acolhedor, ajudando a reduzir a ansiedade das crianças antes da vacinação.
  • Nossos profissionais são treinados para comunicar-se de maneira clara e amigável com as crianças, explicando o processo de uma forma que elas possam entender e se sentir mais seguras.
  • Utilizamos técnicas de distração, como brinquedos, histórias ou vídeos, para desviar a atenção das crianças durante a aplicação da vacina.
  • Uso de técnicas de administração de vacinas com menos dor, isso  pode incluir o uso de agulhas menores, manuseio com técnicas de aplicação ágil humanizado e, uso de acessórios como o  Picluk e de compressas de gelinho a fim de reduzir a dor e inchaço no local da injeção.
  • Encorajamos a presença dos pais ou responsáveis durante a vacinação para oferecer suporte emocional adicional à criança.
  • Após a vacinação, monitoramos as crianças para garantir que elas estejam confortáveis e para oferecer cuidados adicionais se necessário.

Para saber se está com todas as vacinas em dia, é recomendável consultar a sua caderneta de vacinação, que é o registro mais confiável de todas as vacinas que você já recebeu, incluindo as datas e doses. Se você não possui essa caderneta ou se ela não está atualizada, vá até uma de nossas unidades de vacina e uma de nossas enfermeiras especializadas irá oferecer todas as orientações necessárias.

Receba o material de

Vacinas no seu e-mail

Preencha o formulário abaixo com informações e seu e-mail pessoal para receber o calendário anual de vacinas.

    Ir para o topo
    Logo Pasteur

    Sobre

    O Pasteur

    Unidades

    Orçamento Empresas

    Ouvidoria

    Trabalhe Conosco

    Politica de Qualidade

    Serviços

    Exames Laboratoriais

    Check-Ups

    Exames Genéticos

    Sexagem Fetal

    Teste do Pezinho

    Toxicológico

    Vacinas

    Contato

    19 3471-2294 sac@labpasteur.com.br
    Logo Pasteur

    Redes Sociais

    19 3471-2294 sac@labpasteur.com.br
    Posso ajudar?